Arquivo diários:6 de julho de 2017

Incorporadora abandona crise, investe em gestão por informação e chega a 35% em vendas através da Internet.

4.-Gestão-Estratégica-de-Tecnologia-Da-Informação.ok_-850x520

Trisul apostou na revitalização do modelo de negócio e estratégia pautada em dados e estudos para se destacar em meio à retração econômica

trisulEm tempos de crise, as companhias tendem a adotar alternativas para manutenção da lucratividade. Um bom exemplo é a incorporadora Trisul, presente há mais de 30 anos no mercado imobiliário, que apostou na revitalização do modelo de negócio como estratégia para crescimento. Como resposta quase imediata, alcançou um aumento expressivo de vendas através da Internet – dos 12% em participação de share de vendas de clientes provenientes de ações online, chegou a 35% um mês após implementar importantes mudanças.

Esse resultado foi impulsionado pelo trabalho realizado em parceria com a empresa especialista em estratégia de produtividade no mercado imobiliário Hypnobox, que oferece pacotes de serviços completos os quais incluem a utilização de ferramenta de Business Intelligence na gestão de vendas, aliada à estratégia de marketing digital e consultoria de mercado.

O campo de trabalho da Hypnobox hypnoboxé o microambiente das incorporadoras, e a atuação se dá em três principais frentes, no que chamam de ‘aritmética do mercado imobiliário’: portfólio de produtos + estratégia de marketing + equipe de vendas. “Embora o cenário desse mercado seja de otimismo, esse ano ainda atravessa um momento crítico, – em janeiro e fevereiro, os valores financiados ficaram 7% abaixo dos registros em igual período no ano passado e o número de unidades, 10% segundo dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) – e acredito que isso se deve também a problemas internos. As incorporadoras tendem a culpar o cenário econômico, o corpo de vendas. Uma minoria entende que existem dois cenários, o macroambiente – economia, juros, selic – e o microambiente – que diz respeito aos processos da empresa. Fortalecemos justamente este cenário” afirma Rafael Meireles Yoshioka, CEO do Grupo Hypnobox.

De acordo com Suleir Branco, gerente de TI da Trisul, a parceria com uma empresa de tecnologia terceirizada foi importante, mas os resultados mais positivos começaram a aparecer a partir do momento em que a incorporadora agregou a esse serviço a consultoria de mercado. “Além de dar suporte à ferramenta, nosso parceiro também presta um serviço de consultoria, e faz frequentes sugestões de aperfeiçoamento, colabora no gerenciamento da operação e antecipa tendências do mercado”, explica “O conhecimento do mercado é um dos grandes responsáveis pelo resultado positivo” completa.

Três problemas do mercado imobiliário atual

A parceria entre Trisul e Hypnobox teve como pontapé inicial uma minuciosa investigação dos processos que cada área da incorporadora utilizava no dia-a-dia. Foram detectados três gargalos, comuns também no mercado como um todo. O primeiro deles é a velocidade sobre oferta. As construtoras hoje têm um capital elevado retido em estoques, e a velocidade sobre oferta, ou de venda, não ocorre dentro da expectativa para que gere lucro aos acionistas, clientes e para a incorporadora. Isso resulta em uma diminuição significativa na rentabilidade do negócio. cac (custo de aquisição de clentes)Outra questão detectada pela empresa e que necessitou ser repensada foi o custo de aquisição de cliente (CAC). As empresas em geral realizam essa conta a grosso modo. Através das ferramentas da consultoria pode-se detectar que a média de investimento em marketing das construtoras, do lead até a concretização da venda, oscila entre 8 a 12 mil reais. Com o CRM desenvolvido pela Hypnobox e implantado na incorporadora é possível entender como atua cada consultor de venda, quantificar e entender a dinâmica de cada cliente, e investir na estratégia de marketing mais adequada a cada perfil de cliente e corretor. “Cada veículo de comunicação e cada tipo de comunicação desperta uma estratégia. O Facebook fomenta uma relação mais de longo prazo, enquanto o Google, uma relação mais imediatista. É necessário entender que tipo de ferramenta é adequada a cada equipe de vendas. Uma boa estratégia de marketing leva em conta inúmeras variáveis”, diz Victor Saad. Com essa estratégia a Trisul reduziu os custos de investimento em marketing em 1 milhão, sem perder performance de vendas.

A proposta de atuação da Hypnobox coloca o atual modelo do mercado em questão, uma vez que tem como base o Data Driven, ou seja, realizar uma gestão pautada na informação, em dados e fatos, e com o foco nos resultados. “Percebemos que esse mercado ainda é muito guiado por opinião. O que uma empresa faz, e aparentemente dá certo, as outras repetem. Existe uma trajetória desde o início do trabalho de venda até a assinatura de um contrato. Sem gestão de informação, pode-se esbarrar em algum obstáculo e o resultado ser diferente”, explica Yoshioka.

Segundo estatísticas levantadas pela Hypnobox, empresas que trabalham com uma gestão pautada em dados chegam a dobrar a produtividade. Em uma perspectiva abrangente desse mercado a cada 100 corretores, 10 chegam a performar. Com a gestão por Data Driven as incorporadoras chegam a dobrar a produtividade, caminhando para 30% a 40%. No caso específico da Trisul, nos meses de abril e maio desse ano, de cada 100 corretores online, 78 venderam e estamos caminhando para criar o primeiro case do mercado imobiliário com 100% de produtividade.

Sobre Grupo Hypnobox: oferece soluções que visam o aumento de produtividade no mercado imobiliário. Para isso, investe em quatro unidades de negócios. A maior delas é o CRM presente em mais de 90 dos maiores players do mercado. Através deste, incorporadoras e empresas gerenciam seus bancos de dados, analisam e avaliam o comportamento dos clientes para oferecer produtos de acordo com o perfil apresentado. Há ainda uma unidade com foco na utilização da inteligência de dados gerados pelo CRM para gerar leads qualificados para atrair clientes com mais propensão de compra. Com o Conectando Forças, o grupo centraliza em uma única plataforma produtos de várias incorporadoras, conectando imobiliárias e corretores autônomos, ampliando a gama de produtos oferecidos por cada um. A Universidade Hypnobox promove a capacitação e aperfeiçoamento dos colaboradores do setor em programas corporativos e individuais. O Grupo oferece ainda consultoria com soluções estratégicas e sob medida que pretendem melhorar a eficácia dos times de vendas e gestão de empresas do setor. www.hypnobox.com.br

Fonte: http://www.segs.com.br

Prefeitura de São Paulo avalia projeto para Minhocão com parque, “praia” e restaurantes.

Minhocão João Goulart

O emblemático projeto High Line em Nova Iorque, frequentemente citado como caso exemplar de iniciativa para recuperar uma infraestrutura urbana de grande porte e transformá-la em espaço público, está sendo mais uma vez usado como exemplo de projeto urbano, desta vez em São Paulo.

A Prefeitura da maior cidade do Brasil está estudando uma proposta que prevê a transformação do Elevado João Goulart – popularmente conhecido como Minhocão – em um parque (tal qual o High Line no bairro Chelsea, em Nova Iorque) servido por restaurantes e até mesmo uma “praia”, isto é, um banco de areia e uma piscina pública.

Batizado de “Parque Minhocão”, o projeto foi proposto pelo arquiteto e urbanista Jaime Lerner, contratado pela Prefeitura para realizar projetos de requalificação de diversos locais da cidade, com ênfase em habitação, mobilidade urbana e paisagismo.

A proposta prevê também a arborização das laterais do elevado, a criação de uma ciclovia central e escadas e elevadores para garantir a acessibilidade universal. Segundo a proposta de Lerner, o espaço sob a via receberá salas para aulas, exposições e eventos culturais.

Fonte: http://www.archdaily.com.br

Referência: Folha de S. Paulo