Arquivo diários:24 de novembro de 2017

“Colmeia” gigante pode virar casa para moradores de rua em Nova York.

Comunidades formadas por módulos hexagonais instaladas em paredes vazias são alternativa habitacional proposta por agência de publicidade.

Projeto propõe a criação de mosaicos urbanos em paredes sem uso. Fotos: Reprodução

Projeto propõe a criação de mosaicos urbanos em paredes sem uso. Fotos: Reprodução

A agência de publicidade Framlab, fundada pelo designer norueguês Andreas Tjeldflaat, desenvolveu um projeto que propõe uma solução para a crescente população sem-teto de Nova York. Trata-se de uma estrutura parecida com uma colmeia instalada na parede lateral de um prédio que, à primeira vista, parece uma obra de arte urbana. Dentro dos módulos hexagonais tridimensionais, porém, encontram-se pequenas unidades habitacionais.

 

Módulos podem ser impressos em 3D a partir de bioplásticos reciclados.

Módulos podem ser impressos em 3D a partir de bioplásticos reciclados. Foto: Reprodução

Os módulos podem ser adaptados às necessidades e desejos do residente. O espaço diminuto pode receber móveis e equipamentos tecnológicos especialmente criados para a perfeita integração ao local, garantindo o conforto e segurança do morador. As unidades podem abrigar diferentes tipos de cômodos, como um quarto com área de estudo, quarto loft ou banheiro.

O número de pessoas sem-teto em Nova York subiu 39% em um ano.

Número de pessoas sem-teto em Nova York subiu 39% em um ano. Foto: Reprodução
 

O projeto permitiria a criação de comunidades de habitação que poderiam ser realocadas e expandidas com rapidez e facilidade nas paredes cegas de edifícios. Os módulos propostos pela Framlab, que tem sede em Nova York e Oslo, são impressos com tecnologia 3D a partir de bioplásticos reciclados, oferecendo uma montagem ecológica e econômica.

Módulos podem ser adaptados para diferentes funções.

Módulos podem ser adaptados para diferentes funções. Foto: Reprodução

“Enquanto o exterior é revestido por alumínio oxidado, o interior oferece um ambiente agradável e amigável”, informa o estúdio. Os designers responsáveis pelo projeto admitem que a proposta não seria capaz de resolver sozinha a crise da população sem-teto. “A enorme extensão e complexidade da situação requer trabalho em um nível de regulamentação e elaboração de políticas. Mas é fundamental que a comunidade de design seja parte do processo”.

Durante a noite, fachada pode servir como tela para exibição de anúncios.

Durante a noite, fachada pode servir como tela para exibição de anúncios. Foto: Reprodução
 

De acordo com a agência de publicidade, uma parede de 15 por 21 metros poderia hospedar até 95 unidades hexagonais. Durante a noite, o mosaico urbano ainda poderia servir como uma tela para a apresentação de arte digital, informações públicas ou publicidade.

*Especial para a Gazeta do Povo.

A importância de um bom gerenciamento de projetos na construção civil.

Um bom gerenciamento de projetos faz com que você comande a sua obra e não a obra comande você.
Créditos: Shutterstock

É possível reduzir custos, evitar erros e minimizar possíveis imprevistos no decorrer da obra.

Na hora de optar por uma nova construção, ou uma reforma de grande escala, o ideal é pensar em como percorrer esse caminho. Algumas pessoas ou empresas ainda desconhecem a real importância de um bom gerenciamento de projetos, que, resumidamente, envolve a coordenação eficaz de recursos diversos, como materiais, equipamentos, financeiro, recursos humanos e esforços necessários para obter a obra construída, atendendo aos padrões pré estabelecidos de prazo, custo, qualidade e risco.

Alguns benefícios que um bom gerenciamento de projetos oferece a sua obra

  • Reduz custos: o gerenciamento é um aliado para quem deseja gerar economia na obra, mesmo que, muitas vezes, certo materiais tenham um custo elevado.
  • Antecipar situações desfavoráveispermite que eventuais erros ou problemas possam ser solucionados antes do início da obra, fazendo com que o cronograma seja realizado dentro do previsto.
  • Controla o estoque de materiais: evita o desperdício e ajuda a manter a obra com os gastos dentro do orçamento. Através do gerenciamento é possível saber quando é necessário comprar algum item ou material, sem causar desperdício.

gerenciamento de projetos da construção civil apresenta alguns pilares importantes, sendo necessário que gestores da área o conheçam e o apliquem em suas atividades, como planejamento, gestão de pessoas e gestão de obra.

 Planejamento

O primeiro pilar é pensar na eficiência que um bom planejamento pode oferecer ao projeto colocando em um documento os seguintes tópicos:

  • Objetivo.
  • Dificuldades.
  • Melhores fornecedores.
  • Prazos adequados.
  • Terceirização de serviço.
  • Custos.
  • Mão de obra qualificada.
  • Prevenção de riscos.

Gestão de pessoas

O mercado é competitivo e a qualificação, muitas vezes, abaixo do esperado. Esse é um dos problemas que muitas empresas encontram quando o assunto é recursos humanos. As pequenas e médias companhias são afetadas pela falta de bons profissionais, já que funcionários que se destacam são rapidamente captados por grandes empresas.

Uma maneira de driblar esses entraves é estabelecer um bom plano de carreira, que mostre ao candidato as possibilidades de crescimento profissional.

Gestão de obra

Todos os pilares são importantes, porém, aqui, é preciso atenção. A equipe de gestão de obras é a que necessita de maior vivência no setor e entendimento dos processos, pois são eles quem vão lidar e resolver possíveis problemas no dia a dia da obra que, muitas vezes, são imprevisíveis.

  • Onde a obra está perdendo produtividade?
  • Qual material está sendo mais gasto?
  • A qualidade está conforme os padrões planejados?

 

Utilizar um software de gestão de obras pode facilitar a administração, com ele é possível controlar o rendimento dos equipamentos, as horas trabalhadas pelos funcionários, a entrada e saída de matéria-prima, ocorrências abertas, documentação da empresa, entre outras coisas.

Fonte: http://www.mapadaobra.com.br