Arquivo diários:7 de fevereiro de 2019

Como os Coworkings estão revolucionando o setor imobiliário.

Esse mercado é um grande atrativo para construtoras e incorporadoras, pois movimentou mais de 127 milhões de reais no Brasil  Créditos: Shutterstock

O mercado de coworkings no Brasil já envolve mais de 200 milhões de pessoas e conquista cada vez mais adeptos

Seguindo as tendências do aumento de profissionais freelancer e também das startups, os coworkings são espaços compartilhados que já movimentam mais de 200 mil pessoas que circulam pelos espaços e gostam de trabalhar em ambientes inspiradores que tendem a crescer ainda mais. Segundo pesquisa realizada pelo censo Coworking Brasil, existem 169 espaços registrados no país e neste ano o mercado começa a se organizar e amadurecer para continuar evoluindo de forma mais sustentável.

Segundo dados do censo coworking 2018 que apresentou um panorama completo sobre o mercado de espaços compartilhados brasileiro, no ano passado houve um crescimento enorme no mercado para esse tipo de empreendimento. Hoje são aproximadamente 1.194 espaços de compartilhamento e estão presentes em 169 municípios diferentes, sendo o estado de São Paulo com a maior concentração com 465 (273 deles só na Capital) seguido pelo Rio de Janeiro com 123 e Minas Gerais com 99. Das pessoas que responderam a essa pesquisa, 94% eram fundadores ou gestores diretos de espaços ativos no Brasil.

Hoje a WeWork possui 50 escritórios só em Nova York e é uma tendência que pretende se espalhar pelo planeta em um futuro próximo revolucionando as empresas através de espaços eficientes e colaborativos.  Outro ponto de destaque é a WELIVE, um braço da startup mais valiosa com um faturamento de 45 bilhões de dólares, que só fica atrás do UBER nos Estados Unidos e que desenvolve moradias compartilhadas. A pretensão é ampliar e difundir cada vez mais no Brasil esse conceito de compartilhamento e colaboração também nos espaços particulares, ou seja, o compartilhamento também nas moradias.

O mercado de coworkings no Brasil já envolve milhões de pessoas e conquista cada vez mais adeptos.  Hugo Silveira, Senior Manager da WeWork palestrou no Construsummit, evento realizado no dia 29 de novembro em São Paulo e que apresenta diversas inovações para a área de Construção Civil e que prevê as tendências do setor que está em constante desenvolvimento. “87% da vida de um ser humano é vivida dentro de um edifício e o nosso objetivo é melhorar a experiência desse consumidor” afirma.  Logo, esse mercado é um grande atrativo para construtoras e incorporadoras, pois movimentou mais de 127 milhões de reais no Brasil. A sociedade é dividida em três lugares (three places) são eles: Casa, Trabalho e Lazer e a intenção é tornar esses espaços cada vez mais atrativos para o público final.

O representante prevê também novas formas de pensar o ambiente de trabalho para além das paredes do escritório adaptando aos seus horários e estilo de vida, criando assim novas relações tanto com as pessoas quanto com o ambiente que a cerca.  Esse estilo de empreendimento também ajuda no crescimento do setor da construção civil como um todo, pois auxilia indiretamente na criação de empregos tanto para desenvolvimento quanto para a execução de tais projetos. Além disso, o varejo de materiais também tende a se beneficiar visto que são necessários para a criação desses espaços.

Fonte: www.mapadaobra.com.br

Mapa do Metrô vira buscador online de imóveis a até 1 km de estações em SP.

 

A Lello, administradora e imobiliária paulistana com filiais em diferentes bairros da cidade, usou o mapa do metrô paulistano para lançar um buscador online inédito que mostra imóveis residenciais e comerciais localizados a até um quilômetro de estações de metrô.

A iniciativa partiu de um levantamento, realizado em 2018, que apontou que nos últimos três meses do ano 50% dos fechamentos de compra e aluguel foram de imóveis com localização de no máximo mil metros de uma estação.

O buscador foi lançado em dezembro, com filtros para cada uma das estações das linhas azul, vermelha, verde, amarela, lilás e prata. Também é possível visualizar as linhas inteiras para escolher o imóvel desejado, seja para comprar, alugar ou permutar. Os agendamentos de visitas são feitos online.

Em um mês de funcionamento, as estações preferidas dos interessados em comprar ou alugar um imóvel foram Vila Mariana, na linha azul, e Tatuapé, na linha vermelha (veja quadro abaixo).

A linha azul concentrou 30% das buscas, enquanto a verde e a amarela, 23%, cada uma, e a vermelha, 12%. A linha lilás teve 10% das consultas por imóveis e a prata, 2%.

Os 10 mil imóveis disponíveis no buscador são identificados com o símbolo do metrô e da linha correspondente, informando a distância exata para a estação mais próxima.

Na busca, o interessado irá visualizar, por exemplo, um imóvel padrão de 90 metros quadrados na Vila Mariana, com dois dormitórios, dois banheiros e uma vaga na garagem, com aluguel mensal a R$ 2 mil, e saber que a unidade está a 293 metros da estação Vila Mariana (azul), 637 do metrô Chácara Klabin (lilás-verde) e 837 metros da estação Ana Rosa (azul-verde).

“A mobilidade urbana é uma das principais preocupações dos paulistanos, que buscam cada vez mais morar nas proximidades de estações de metrô ou outros modais sobre trilhos, o que diminui consideravelmente o tempo dos deslocamentos”, afirma Elaine Fouto, gerente de Marketing da Lello Imóveis.

Estações mais procuradas para quem busca imóveis em São Paulo, segundo a Lello:

                     Compra

Classificação              Estações         

        1                         Vila Mariana         

        2                         Tatuapé         

        3                         Saúde         

        4                         Santa Cruz         

        5                         Ana Rosa         

        6                         Paraíso         

        7                         Tucuruvi         

        8                         Vila Prudente         

        9                         Praça da Árvore       

      10                         Carrão

 

                     Aluguel

Classificação             Estações           

       1                       Vila Mariana           

       2                       Tatuapé           

       3                       Santa Cruz           

       4                       Saúde           

       5                       Tucuruvi         

       6                       Paraíso         

       7                       Santana         

       8                       Carrão         

       9                       Ana Rosa       

     10                       Vila Prudente

 

Fonte: http://tiinside.com.br/