Arquivo diários:28 de fevereiro de 2019

‘Arranha-céu horizontal’ da China está quase concluído

O Raffles City Chongqing é uma coleção de 8 edifícios e uma gigantesca passarela que os conectam e está sendo chamada de um “arranha-céu horizontal”.

&nbsp‘Arranha-céu horizontal’ da China está quase concluído
Foi desenvolvido pelo reconhecido arquiteto Moshe Safdie (CapitaLand Group)

Apelidado de maravilha da engenharia, o tão aguardado projeto Raffles City Chongqing está quase concluído.

Desenvolvido pelo reconhecido arquiteto Moshe Safdie, ele consiste de uma coleção de oito edifícios e uma gigantesca passarela que os conectam e está sendo chamada de um “arranha-céu horizontal”.

A passarela de 250 metros de extensão, Crystal, é uma das mais altas do mundo.

Quando inaugurada, ela terá uma galeria de exibição, jardins, uma piscina de borda infinita e vários restaurantes.

Como se não fosse suficiente, a ponte também se transforma em um gigante feixe de luz à noite, iluminando o céu com um show de brilho.

O complexo Raffles City Chongqing também inclui um shopping de 230 mil metros quadrados, 1.400 apartamentos residenciais, um hotel de luxo e 160 mil metros quadrados de luxuoso espaço para escritórios.

O oitavo e final arranha-céu da megaestrutura de 3,8 bilhões de dólares foi recentemente colocado no topo, e isso indica que o Raffles City Chongqing está em curso para inaugurar neste ano.

O design foi inspirado pelas tradicionais embarcações chinesas, um aceno para o passado de Chongqing como centro comercial.

O desenvolvimento ambicioso fica no centro da cidade chinesa de Chongqing, face à confluência do Rio Yangtze e do Rio Jialing.

A desenvolvedora CapitaLand, uma das maiores da Ásia no mercado imobiliário, anunciou que agora está focando no interior elaborado da estrutura, com a conclusão planejada para o segundo trimestre de 2019.

O trabalho na megaestrutura de 3,8 bilhões de dólares começou há seis anos (CapitaLand Group)

De acordo com Lucas Loh, CEO da CapitaLand China, árvores estão atualmente sendo transportadas para “dar vida à ponte”, a qual aparentemente incluirá a plataforma de observação mais alta no oeste da China.

“Após seis anos de construção usando tecnologia de engenharia de ponta, temos orgulho de apresentar em Raffles City Chongqing uma icônica forma arquitetônica que lembra uma vela poderosa avançando no histórico Chaotianmen”, disse Loh em uma declaração.

Destino imperdível

“Posicionado como um destino imperdível para residentes locais, assim como turistas do exterior, o Raffles City Chongqing vem acumulando forte resposta de nossos clientes”.

Ocupando 9.2 hectares de local de área, o Raffles City Chongqing é o oitavo desenvolvimento Raffles City da CapitaLand na China.

Os outros estão em Pequim, Chengdu, Hangzhou, Ningbo, Shenzhen e Xangai, o qual tem dois.

Fonte: CNN Travel

Recalques em edificações

Antes da construção de qualquer obra de engenharia é necessário um estudo por completo para que a mesma seja realizada da forma mais segura, durável, econômica, dentre outras atribuições. Um erro em alguma das fases do planejamento, como na análise do local, do solo, das situações disponíveis para a construção pode acarretar problemas graves, sendo um desses os recalques em edificações.

Todas as estruturas são edificadas sob solos dos mais diversos e cada um com características próprias. Todos eles são submetidos a cargas e nossos, geralmente sofrem o conhecido recalque, que nada mais é do que uma deformação vertical do terreno, deformação do solo.

O recalque é bastante comentado na Engenharia Civil e Arquitetura por diversas vezes influenciar nas construções. Ocorre quando uma edificação sofre um rebaixamento devido ao adensamento do solo sob sua formação.

Imagem 1.jpg

Existem alguns tipos de recalque, que são:

Recalque diferencial – Quando parte dos elementos que compõem a base da edificação se move e outros permanecem em seus lugares. Mais comum nas estruturas.

Recalque por distorção angular – É a diferença entre o recalque diferencial e a distância entre os elementos de fundação.

Recalque total – Movimento absoluto de um elemento de fundação. Geralmente não causam danos ao edifício.

Esse efeito pode causar danos sérios a estrutura dependendo do tipo e magnitude, podendo gerar fissuras ou trincas na mesma, ruptura de esgotos e galerias, emperramento de portas e janelas, e ainda, desaprumo da estrutura.

Em busca de evitar os recalques é preciso atentar para as diversas causas, pois os mesmos podem acontecer devido a solos colapsíveis, a escavações em áreas próximas à fundações e escavações de túneis.

Principalmente quanto ao solos sob os quais serão construídos, deve-se haver uma atenção maior com o intuito de precaução. Baixo índice de resistência a penetração, granulometria aberta e grande porosidade são indicativos de solos colapsíveis. Além do mais, métodos, já empregados, como compactação e adensamento prévio das camadas de solos menos resistentes e a utilização de fundações profundas são consideradas medidas preventivas.

Alguns recalques bastante conhecidos são a Torre de Pisa e a Catedral do México. No Brasil tem-se os edifícios de Santos – SP e em Amsterdam, os edifícios “dançantes”.

Imagem 2.jpg
Imagem 3.png

Fonte: civilizacaoengenheira.wordpress.com