Arquivo diários:19 de março de 2020

Panorama dos lançamentos imobiliários e investimentos no setor

Panorama dos lançamentos imobiliários e investimentos no setor

O segmento de médio e alto padrão apresentou crescimento de 20% nos lançamentos e de 10% nas vendas. Créditos: shutterstock

 

Movimento gera o aumento da confiança dos investimentos no setor e também impulsiona o crescimento econômico

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) liberou, no final de 2019, dados referentes ao Produto Interno Bruto da Construção no Brasil, mais conhecido como PIB da Construção, que cresceu 1,3% no terceiro trimestre do ano, em comparação ao segundo trimestre de 2019 – o que contribuiu para o aumento de 0,6% do PIB brasileiro. Após 20 trimestres em queda, este foi o segundo trimestre seguido em que o PIB da construção teve um aumento significativo, o que contribui para perspectivas positivas de crescimento do setor. “O resultado reforça a percepção de que a crise do setor passou, com o início de um ciclo de recuperação”, salientou Odair Senra, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de São Paulo (SindusCon-SP), em coletiva para a imprensa em dezembro de 2019.

Nesse cenário de avanços, a distribuição de alvarás concedidos nos últimos 12 meses na cidade de São Paulo, por exemplo, subiu 44,4% totalizando 881 projetos aprovados para a construção de novas edificações verticais divididos entre a Zona Leste (região que concentrou 44,3% do volume de alvarás concedidos no período), seguida pela Zona Norte (19,5%), Zona Sul (18,8%), Zona Oeste (14,2%) e Centro (3,2%). Por conta desses dados favoráveis, o mercado imobiliário da construção também tem sentido um considerável aumento  na confiança do investidor, o que reflete diretamente no futuro aumento de empregos e também no crescimento do setor da construção civil.

Lançamentos imobiliários: Programa Minha Casa Minha Vida

De acordo com dados divulgados recentemente pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), a maioria dos empreendimentos lançados (76,0%) e das vendas (69,9%) realizadas nos últimos 12 meses corresponde a unidades comercializadas no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV)*, ao passo que os empreendimentos de Médio e Alto Padrão (MAP) se manteve responsável por 24,0% das unidades lançadas e 30,1% das unidades vendidas durante o período analisado.

Com relação às variáveis, os lançamentos e vendas no segmento MAP subiram 18,8% e 2,2%, respectivamente, em relação ao período anterior, enquanto as vendas líquidas do segmento MAP apresentaram um aumento expressivo de 23,9% no mesmo período. Quando comparamos o número de lançamentos residenciais em empreendimentos do Programa MCMV durante os últimos 12 meses, o aumentou foi de 10,9% em relação ao período anterior, enquanto as vendas aumentaram 2,2% no mesmo período. Finalmente, as vendas líquidas do segmento MCMV acumulam alta de 7,8% na sondagem dos últimos 12 meses.

Para o presidente da Abrainc, Luiz França, os números validam a retomada do setor: “Quando fazemos a comparação do terceiro trimestre deste ano com o de 2018, o resultado é ainda melhor. No segmento de médio e alto padrão, teve um crescimento de 20% nos lançamentos e de 10% nas vendas. Nos imóveis do Minha Casa Minha Vida, o resultado é de 10% no número de lançamentos e 3,2% nas vendas no comparativo trimestral. Isso demonstra que as empresas estão mais seguras para investirem e que o poder de compra dos consumidores está aumentando, através da queda dos juros e das novas opções de financiamento imobiliário”, destaca França.

Fonte: https://www.mapadaobra.com.br/

CBIC cria cartilha sobre coronavírus, com orientações a empresas

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) lançou, nesta quarta-feira (18), a cartilha Coronavírus, que apresenta um resumo sobre o tema para as entidades do setor da construção e para seus associados. O material já está disponível no site da CBIC, no endereço cbic.org.br/publicacoes/.

A publicação foi apresentada durante o evento Diálogos
CBIC: setor e a crise do Coronavírus
, realizado na tarde de hoje, via internet. O documento inclui desde cuidados para identificar os sintomas da doença até orientações sobre direitos de contratados.

“A cartilha reúne informações que devem ser avaliadas nesse momento de pandemia de Covid-19, trazendo os principais alertas para as entidades do setor da construção e para seus associados”, explicou o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

O conteúdo está dividido em seis tópicos principais:

            • O que é o coronavírus?
            • Quais os principais sintomas identificados?
            • Como prevenir a disseminação do vírus?
            • Como prevenir a disseminação do vírus no ambiente de trabalho?
            • O que fazer no canteiro de obras?
            • Quais são os direitos dos contratados nos contratos de obras públicas?

A cartilha Coronavírus pode ser atualizada à medida que surgirem novas informações relevantes sobre o tema. Ela foi produzida pelos advogados Erika Albuquerque Calheiros (assessora jurídica e coordenadora do Conselho Jurídico da CBIC), Fernando Vernalha Guimarães (consultor jurídico da Comissão de Infraestrutura da CBIC) e Fernando Guedes Ferreira Filho (vice-presidente de Política de Relações Trabalhistas da CBIC).

Fonte: https://cbic.org.br/