Arquivo diários:24 de março de 2020

BNDES injeta R$ 55 bi para enfrentar emergência do Covid-19

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai injetar R$ 55 bilhões na economia brasileira, para contribuir com a contenção da pandemia do novo coronavírus. As medidas socioeconômicas de execução imediata foram aprovadas em caráter emergencial e anunciadas no domingo (22) pelo presidente do banco, Gustavo Montezano.

Serão quatro medidas com duração de seis meses:

  • R$ 20 bilhões virão da transferência de recursos do Fundo PIS-PASEP para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a ser gerido pelo Ministério da Economia;
  • R$ 19 bilhões da suspensão temporária de pagamentos de parcelas de financiamentos diretos para empresas, tanto o principal quanto os juros, chamada de standstill;
  • R$ 11 bilhões em standstill de financiamentos indiretos para empresas;
  • R$ 5 bilhões com a ampliação do crédito para micro, pequenas e médias empresas por meio dos bancos parceiros.

“Nós estamos ampliando a nossa oferta de crédito para pequena e média empresa. Da micro a empresas com até 300 milhões de faturamento anual poderão ter acesso ao Capital de Giro BNDES, via repassador financeiro. O banco tem esse caixa disponível, financiando em até 5 anos, com 2 anos de carência, e o limite máximo é de R$ 70 milhões para cada tomador”.

Fonte: https://cbic.org.br/

Confinado, cantores fazem show em sacada de prédio de Jundiaí

Pelo WhatsApp, pedidos de música foram mandados pela vizinhança para o celular

A iniciativa aconteceu no Condomínio Residencial Grand Club Esportiva, que fica no Centro da cidade
 

Em tempos de confinamento e relatos de tédio e até quadros de depressão causada pelo isolamento social, um condomínio de Jundiaí (SP) inovou e realizou um show musical onde os cantores tocaram de um dos apartamentos e o público se dividiu entre as sacadas de três edifícios.

A iniciativa aconteceu no Condomínio Residencial Grand Club Esportiva, que fica no Centro da cidade.

Os moradores já estão realizando todas as noites uma oração em suas sacadas e o produtor de shows Adriano Souza, que está com a agenda de eventos esvaziada pelo coronavírus, achou que podia ajudar a animar os vizinhos.

“Me reuni com outro morador que é cantor e falei para colocarmos uma caixa de som na sacada para fazemos um show improvisado pra melhorar o clima. Quando jogamos no grupo de Whatsapp do condomínio, a galera aprovou em peso”, conta Adriano.

A única regra foi que o show teria até uma hora e terminaria às 21h para não incomodar ninguém.

Cristiano Aparecido Vieira de Souza, que faz primeira voz na dupla Santa Fé e Cristiano e mora no condomínio, conta que já havia tocado para muitos tipos de público desde 2009, quando iniciou a dupla, mas nunca numa sacada.

“Foi legal demais. Um porque foi uma experiência inédita e outra porque estamos todos vivendo tempos difíceis e é bacana poder levar um pouco de alegria e ajudar as pessoas a pararem de pensar em doença por pelo menos uma hora”, afirma Adriano.

Pela tela do celular, pedidos de música foram mandados pela vizinhança para o celular de Adriano, que repassava aos três cantores que se revezaram na sacada as preferências do público.

Em vídeos enviados pelos moradores, é possível ver famílias inteiras nas sacadas cantando, piscando as luzes dos celulares e casais dançando.

Cleodenir Fernandes, que mora num apartamento da frente, conta que puxou uma oração coletiva antes do show e passou a bola para os músicos do outro apartamento.

“Só na minha casa eram quatro pessoas, incluindo uma criança pequena, que estavam já cansadas de ficarem trancadas. Nesse período, qualquer coisa que quebre a rotina é muito bem vinda”.

Fonte: https://tribunadejundiai.com.br/

Vila Guilherme: comodidade e serviços na zona norte

No bairro estão o Terminal Tietê e o shopping Center Norte, um dos maiores da América Latina

São mais de 300 lojas no shopping Center Norte, uma das opções de lazer da Vila Guilherme/ Foto: Divulgação
 
 

Vila Guilherme ficou conhecida por seus pastos, chácaras, olarias e carvoarias, que forneciam insumos para as construções de edifícios no centro da capital. Além disso, entre as décadas de 1950 e 1960, a elite paulistana gostava de apostar em corridas de cavalos nos guichês da Sociedade Paulista de Trote, que atualmente teve sua área integrada ao Parque Vila Guilherme, formando o Parque Vila Guilherme/Trote.

A partir dos anos 70, o bairro se desenvolveu e começou a adquirir sua forma atual, com shopping, centros universitários e hipermercados, e passou a oferecer a comodidade necessária para uma região residencial.

Quanto custa o m²

Para quem está interessado em comprar um imóvel na região, segundo a Pesquisa de Mercado da Capital do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-SP), a média do metro quadrado entre novembro e dezembro de 2018 foi de R$ 3.100.

Mobilidade

A Vila Guilherme tem acesso fácil pela Marginal Tietê, que facilita os deslocamentos para a zona leste e oeste da cidade. Para chegar ao centro, basta cruzar a ponte da Vila Guilherme, que faz ligação com a Avenida Carlos de Campos e serve de acesso às avenidas do Estado, Tiradentes (principal corredor norte-sul) e Rangel Pestana.

O bairro é atendido pela Linha 1-Azul do Metrô, com três estações próximas: Carandiru, Santana e Portuguesa/Tietê. E ainda divide com o bairro vizinho de Santana um dos maiores terminais rodoviários do país: o Terminal Tietê. Com quase noventa plataformas, o terminal atende 300 linhas de ônibus.

Educação

O bairro oferece instituições de ensino para todas as idades. Entre as escolas particulares estão os colégios Dominante, Amorim e Colégio Vila Guilherme. Também existem opções de instituições públicas, como a Escola Estadual (EE) Afrânio Peixoto, Escola Técnica Estadual (ETEC) Professor Horácio Augusto da Silveira e Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Pedro Álvares Cabral.

O bairro ainda abriga duas faculdades: a Universidade Paulista (Unip) e a Universidade Bandeirante de São Paulo (Uniban).

Saúde

O morador da Vila Guilherme conta com a Unidade Básica de Saúde (UBS) Ceo Vila Guilherme (Rua João Ventura Batista, 615). Além do Hospital e Maternidade Vila Maria (Av. Guilherme Cotching, 940) e do hospital
particular São Camilo (Rua Voluntários da Pátria, 369).

Lazer

O bairro abriga o endereço do shopping Center Norte, um dos maiores da América Latina, com mais de 300 lojas de diversos segmentos. Conta ainda com um hipermercado e salas de cinema de última geração. O espaço também tem um grande pavilhão de exposições para a realização de shows e feiras. Outro centro de compras é o Shopping Mart Center, localizado na Rua Chico Pontes.

Tombado como patrimônio histórico da cidade, o Parque Vila Guilherme – Trote é totalmente adaptado a pessoas com necessidades especiais. Oferece pista de caminhada acessível e trilha para pessoas com deficiência visual. Possui ainda churrasqueiras, aparelhos de ginástica, ciclovia, áreas para crianças e quadras poliesportivas.

Fonte: https://imoveis.estadao.com.br/