5 dicas para gastar pouco no marketing imobiliário.

Imagem relacionada

 

Dá para fazer marketing imobiliário gastando pouco? Diogo Souza Gomes, diretor da imobiliária Souza Gomes, mostra que é possível. Confira no vídeo abaixo!

 

Dica 1 – Online x Offline

Os conceitos de marketing online e offline são muito debatidos entre as agências e os profissionais da área. O corretor de imóveis precisa se questionar o que vai funcionar para ele. Diogo explica que não há uma receita básica. O que funciona para um profissional pode não funcionar para outro.

O marketing muda sua dinâmica dependendo do contexto no qual está inserido. Vamos pegar como exemplo cidades pequenas. Nelas ainda funcionam muito carros de som, por exemplo. Já nas cidades grandes não funciona tanto uma panfletagem. É importante então entender o nosso local de atuação, para definirmos qual marketing usar, qual ação fazer.

Dica 2 – Foco na pessoa

Devemos focar sempre nosso marketing na pessoa e não no produto. Diogo explica que esse cuidado deve ser tomado principalmente quando se fala de redes sociais. Ninguém está dentro de uma rede social para comprar um imóvel. As pessoas não acessam o Facebook com o intuito de procurar uma casa ou apartamento. Ou seja, a pessoa não quer ver propaganda na rede social. Então o que devemos fazer com o marketing nas redes sociais?

Atrair a pessoa para ela descobrir que às vezes ela busca um imóvel e nem sabe ou para perceber que quer trocar de imóvel, mas não descobriu isso ainda. O Facebook está ali para ajudar a atrair essa pessoa. Depois que ela foi atraída, redirecionamos para nosso site. Assim que acessar nosso site, landing page, ou qualquer outro fluxo, aí ela vai passar a interagir com nosso canal de vendas ou do produto.

Fonte: http://www.vivareal.com.br