Esta casa foi construída basicamente com resíduos agrícolas.

O projeto dinamarquês é o primeiro do gênero no mundo e leva a arquitetura sustentável para outro patamar. Conheça a iniciativa

Esta casa foi construída apenas com resíduos agrícolas

(Reprodução/Designboom)

Projetada pelo estúdio Een til Een, esta casa em Middelfart, na Dinamarca, é a primeira “residência biológica” do mundo. Construída a partir de materiais reciclados, a estrutura foi feita principalmente com resíduos da indústria agrícola, como palha, macro-algas e grama. Normalmente, estes materiais são descartados ou incinerados nas usinas das cidades.

Esta casa foi construída basicamente com resíduos agrícolas

(Reprodução/Designboom)

A reutilização dos resíduos evita que a combustão cause ainda mais impactos ao meio ambiente, além de atribuir novas funções aos materiais até então considerados descartáveis. De acordo com o estúdio, a casa pode pode ser facilmente adaptada a cada cliente e, uma vez construída, pode ser removida e reconstruída em qualquer lugar.

Esta casa foi construída apenas com resíduos agrícolas

(Reprodução/Designboom)

O desenvolvimento do projeto passou por estudos rigorosos, onde técnicas inovadoras foram criadas e testadas durante o experimento. Uma delas, por exemplo, é a sustentação da casa. Ela fica sobre pilhas de parafusos em vez de uma base de concreto tradicional.

Esta casa foi construída apenas com resíduos agrícolas

(Reprodução/Designboom)

“Tem sido um longo projeto, e todos nós aprendemos muito muito ao longo do planejamento e construção”, diz Kim christofte, presidente do Een til Een. “Foi um prazer ver a equipe encontrar tantas soluções inteligentes para os problemas encontrados ao longo do caminho e estamos muito satisfeitos por finalmente abrir as portas para compartilhar esta casa única com o público”.

Fonte: casaclaudia.abril.com.br