5 dicas para fazer o descarte de entulho da sua obra.

5 dicas para fazer o descarte de entulho da sua obra

17 mil toneladas de entulho são geradas por dia em São Paulo.

A destinação correta do entulho não apenas evita problemas legais, como pode amenizar o impacto no meio ambiente.

Na hora de planejar uma reforma ou construção, um detalhe não pode passar despercebido: o descarte de entulho, ou seja, materiais residuais de construções, escavações, reformas e demolições.

Em São Paulo, por exemplo, onde as obras de construção civil geram cerca de 17 mil toneladas de resíduos por dia, a legislação municipal proíbe a colocação deste material em vias públicas. A grande questão é: como realizar o descarte de entulho?

  1. Planejamento

Ao planejar uma obra é importante prever a quantidade de resíduos que será produzida, para saber qual a melhor opção de descarte que poderá ser adotada, levando em conta o impacto no orçamento da obra e evitando problemas legais. Segundo resolução do CONAMA, as construtoras devem possuir programas de gestão de resíduos e apresentá-los à Prefeitura no processo de licenciamento de obras de construção civil.

  1. Responsabilidade

Toda obra gera impactos ao meio ambiente e realizar o descarte de entulho em córregos, ruas ou aterros clandestinos é inadmissível e passível de multa. Cabe ao responsável pela obra se certificar de que todos os resíduos sejam destinados à reciclagem e recebam o tratamento ambientalmente adequado para cada tipo de material.

  1. Coleta gratuita

Em São Paulo é permitido que cada imóvel encaminhe no máximo 50 kg diários* de resíduos para serem recolhidos pela prefeitura, através da coleta domiciliar convencional. É muito importante que o lixo orgânico não seja misturado ao entulho e que este seja acondicionado em sacos especiais para este fim.

  1. Estações de reciclagem

Caso o entulho produzido diariamente não ocupe mais do que 1m³, aproximadamente 18 sacos, é possível levá-lo, por conta própria, aos Ecopontos, estações de entrega criadas pela prefeitura para apoiar na gestão de resíduos.

Confira a lista de empresas cadastradas e os endereços dos Ecopontos no site da Prefeitura de São Paulo.

  1. Caçamba

Outra opção de descarte de entulho, mais prática porém que demanda custos, é contratar empresas que oferecem o serviço de caçambas, se atentando às seguintes documentações:

  • Cadastro na Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb);
  • Contrato da empresa que garanta a responsabilidade pela correta destinação do entulho em áreas ou aterros licenciados;
  • Uma via do Controle de Transporte de Resíduo, documento que comprova que o entulho foi entregue em área licenciada para a destinação adequada dos resíduos.

*Em outras cidades, entre em contato com a prefeitura para saber quais as opções para o descarte de entulhos.

Fonte: http://www.mapadaobra.com.br