Templo de bambu no México é exemplo de arquitetura sustentável

templo de bambu

Construir de forma sustentável: este é um grande desafio dos nossos tempos, considerando que o setor da construção civil consta na lista dos campeões quando se fala em impacto ao meio ambiente. No entanto, as soluções existem e são abundantes na natureza. Para encontrá-las, basta um olhar atento – e, talvez, uma certa vontade de reconexão com a ancestralidade.

O Templo de Luum, na costa caribenha do México, caracteriza-se por sua harmonia entre espiritualidade e natureza. Localizado em um sítio arqueológico Maia, em uma área de conservação da mata nativa, ele foi todo construído em bambu. Para se chegar lá, só por meio de trilhas na mata.

conceito por trás do projeto, desenvolvido pelo escritório de arquitetura mexicano CO-LAB, é o de “coexistência na dependência estrutural”. As abóbadas do templo se apóiam umas às outras: uma simbologia para reforçar a relação de interdependência na natureza e a importância da cooperação.

templo de bambu
templo de bambu 5

Ainda de acordo com a publicação, os arquitetos usaram um software que indicou aos arquitetos os pontos de fixação precisos.

bambu é uma das alternativas preferidas de quem quer construir sem destruir o meio ambiente e os motivos para usá-los são muitos. Trata-se de um recurso renovável, ele absorve os gases do efeito estufa, o desperdício de material é mínimo e dispensa o uso de fertilizantes e pesticidas. Como se não bastasse, o bambu cresce em diferentes tipos de solo e de forma bastante rápida: mais de um metro por dia!

templo de bambu 4
templo de bambu 3

Fonte: www.greenme.com.br