Sondagem da construção consolida tendência de crescimento do setor

 

Dados da Sondagem da Construção de outubro, divulgada nesta segunda-feira (25) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), confirmam a tendência de melhora de atividades do setor da construção já demonstrada em outros indicadores, como os de emprego, produção de materiais de construção, vendas de cimento, aumento dos lançamentos imobiliários e de incremento no financiamento imobiliário com recursos da caderneta de poupança.

A pesquisa também demonstra que os empresários do setor esperam crescimento nos próximos seis meses. As expectativas são positivas para o nível de atividade, para novos empreendimentos e serviços, para compra de insumos e matérias primas e também para o emprego no setor.

A tendência de crescimento do setor, segundo a sondagem, é reforçada pelo aumento do índice de intenção de investimento. O valor desse indicador está 5,4 pontos acima do observado há um ano e 4,1 pontos acima da média histórica.

“Todo esse resultado é fruto do cenário econômico mais estável, caracterizado por juros em queda, inflação sob controle, além, é claro, das expectativas mais positivas para a economia com a aprovação da reforma da previdência”, destaca a economista do Banco de Dados da CBIC, Ieda Vasconcelos, em análise sobre a sondagem. 

Fonte: https://cbic.org.br/