Imóveis se tornam opção de investimento em meio ao cenário de incertezas

GettyImages-1162345980

Segundo a pesquisa Raio-X FipeZap, o interesse na aquisição de imóveis como forma de ampliar renda apresentou expressivo aumento nos últimos meses

 

Com a taxa básica de juros no menor patamar da história, bancos reduzindo os índices de financiamento imobiliário e os preços dos imóveis caindo, há uma oportunidade de investimento em meio a um cenário de incertezas.

Segundo a pesquisa Raio-X FipeZap, o interesse na aquisição de imóveis como forma de ampliar renda apresentou expressivo aumento nos últimos meses.

O relatório mais recente aponta que 36% dos compradores no terceiro trimestre de 2019 apostaram nos imóveis para investir, número que saltou para 44% no último trimestre do ano passado.

Segundo o Índice FipeZap, nos últimos 12 meses houve estabilidade nos valores em termos nominais.

Porém, comparando esse resultado à inflação prevista de 4,34% para o horizonte de 12 meses (segundo o IPCA), o Índice FipeZap apresenta queda real de 4,13% no período. Ou seja, está mais barato comprar imóveis agora.

Hora para negociar

Também é uma boa hora para negociar. De acordo com a pesquisa Raio-X FipeZap, o percentual de transações com desconto sobre o valor anunciado nos últimos 12 meses foi de 14%.

No fim das contas, muita gente conseguiu um bom negócio na hora de comprar um imóvel.

A atratividade dos imóveis como opção de investimento pode ser explicada, em parte, pela queda da taxa básica de juros e, consequentemente, da rentabilidade de aplicações financeiras mais tradicionais.

Segundo Guilherme Sallum Nahas, diretor da Diálogo Engenharia, empresa com 33 anos de mercado e mais de 11 mil unidades entregues, o cenário é de oportunidade.

“A Selic baixa reflete em uma redução significativa de custo para financiar imóveis. Além disso, a taxa de juros reduzida aumenta a atratividade para o investimento imobiliário em relação a renda fixa. O retorno é maior”, diz Guilherme.

O diretor revela que os estoques das construtoras estão baixos e que isso dá margem para negociação.

“Estamos com o menor nível de estoque da nossa história. A comparação entre o que vendemos e o que entregamos está desigual. O interesse está muito grande”, afirma.

Para aproveitar o momento de oportunidade, a Diálogo Engenharia possui uma linha de financiamento direto com a construtora. Dessa forma, há mais agilidade nos processos e menos burocracia para o fechamento da compra.

Novos lançamentos

A construtora planeja vários lançamentos de médio e alto padrão em São Paulo para este ano, em especial na Zona Leste, mas para quem busca entrega imediata há alguns empreendimentos prontos com unidades disponíveis.

Um deles é Le Quartier, em Santo André. Com 90% dos apartamentos vendidos, o resort urbano no Grande ABC atrai por estar próximo às principais vias de acesso da região, com plantas inteligentes e área de lazer completa.

Outra opção pronta é o Tradição Vila Matilde, localizado em um dos bairros mais tradicionais de São Paulo, próximo a grandes avenidas, como a Radial Leste, a poucos metros do metrô Vila Matilde.

“É uma boa hora para comprar imóveis. Para driblar esse momento de incertezas por conta do coronavírus nós intensificamos o atendimento online e por WhatsApp. A ideia é que nossos clientes não percam nenhuma oportunidade”, finaliza o executivo.

Fonte: https://www.infomoney.com.br/